qual o melhor colchão qual o melhor colchão

Como escolher qual o melhor colchão? Saiba o que considerar

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Entender sobre os aspectos que identificam qual o melhor colchão é essencial para saber optar por um produto que garanta noites de sono reparador, já que a qualidade desse item influencia diretamente a qualidade do sono.

Um colchão ruim pode provocar várias interrupções no sono e, como consequência, desencadear diversos problemas de saúde, como apneia, desvios na coluna vertebral, dores musculares e articulares.

Neste artigo, vamos abordar a importância de escolher o colchão certo para cada biotipo e os principais fatores que devem ser levados em consideração. Continue a leitura para saber mais!

Os fatores que identificam o melhor o colchão

Antes de comprar um colchão, é fundamental experimentá-lo na loja para verificar se ele proporciona o conforto e o relaxamento necessários. Entretanto, isso não é suficiente para identificar a qualidade e a adequação do produto às necessidades individuais de descanso.

Veja a seguir os principais fatores que devem ser considerados para comprar o colchão mais adequado!

Peso e altura da pessoa que utilizará o produto

Esse é um dos aspectos mais importantes a serem considerados na hora da compra, já que o colchão deve ser compatível com o peso e a altura da pessoa para conseguir sustentar o corpo e manter a coluna alinhada, livre de pressões.

Para identificar o produto mais adequado para cada tipo de pessoa, é preciso entender sobre a densidade dos colchões. Atualmente há normas e orientações que ajudam o consumidor a identificar esse aspecto, como a Tabela de Biótipo do Instituto Nacional de Estudos do Repouso (INER).

Além dessas informações, também há o certificado de qualidade “Pró-Espuma”, também emitido pelo INER — um selo que atesta a veracidade da densidade indicada no produto e que pode ser encontrado ao lado da etiqueta do fabricante.

Densidade em colchões de espuma e de molas

Em colchões de espuma, a densidade se refere à quantidade desse material por metro cúbico utilizado na fabricação do produto e indica quanto de peso ele suporta sem deformar.

Para isso, essa medida considera o peso e a altura da pessoa conforme a tabela de Biotipo. Já para os colchões de mola, apenas o peso é considerado e a capacidade de suporte varia de acordo com o tipo de material utilizado na fabricação.

Os colchões com molas ensacadas e o bonnel suportam até 100 kg. Nesse cálculo, a soma dos pesos de um casal não interfere na capacidade do colchão. Desse modo, duas pessoas com 100 kg cada podem utilizá-lo, já que os pesos ficam distribuídos.

Para os que pesam mais de 100 kg, é preciso optar por modelos especiais, como:

  • superlastic — até 130 kg;
  • miracoil — até 150 kg;
  • LFK — até 150 kg.

Tecido

Os tecidos interferem na temperatura corporal. Por esse motivo, é um aspecto que deve ser considerado na hora da compra. Além disso, de acordo com o Inmetro, todos os colchões precisam ser revestidos por materiais com tratamentos antiácaros, antifúngicos e antialérgicos.

Essa é uma informação importante que pode ser encontrada na etiqueta do produto. Em geral, as diferenças entre os tecidos se referem à origem das fibras utilizadas, podendo ser classificados como:

  • artificiais ou sintéticas — originadas na indústria petroquímica, como a poliamida, o elastano e o poliéster;
  • naturais — feitas com materiais obtidos na natureza e classificadas como vegetais, animais e minerais segundo a sua origem, como as fibras de bambu, algodão, eucalipto, seda, lã, algas marinhas, entre outras;
  • mistas — criadas com elementos sintéticos e naturais, que se entrelaçam, podendo originar variações com diferentes porcentagens de um ou outro material.

Tipo do colchão

Há vários tipos de colchão e cada um deles foi elaborado para atender às diferentes necessidades individuais. Veja a seguir as características dos principais modelos!

Powered by Rock Convert

Espuma

A elasticidade e a firmeza dos colchões de espuma dependem da sua densidade e do ar injetado nas suas células, feitas de poliuretano ou poliéster. Eles garantem maior sustentação para a coluna, pois apresentam menos deformações na sua estrutura quando submetidos às pressões.

Molas

Os colchões de molas apresentam uma ventilação melhor em comparação com os de espuma ou látex, sendo os mais indicados para as pessoas que transpiram muito ou que vivem em regiões muito quentes.

Eles oferecem maior durabilidade e conforto, comparados aos de espuma. Entretanto, é importante observar que as molas podem se partir ou perder a elasticidade e a altura ao longo do tempo, provocando deformações.

Atualmente, é possível encontrar produtos com molas ensacadas, que são mais estáveis por responderem à pressão de forma individual, o que impede que a movimentação de uma pessoa interfira no sono de outra. Além desse modelo, há o bonnel, cujas molas são interligadas.

Água e ortopédicos

O colchão de água é constituído por um saco de PVC ou borracha cheio de água. Por esse motivo, torna-se pesado e difícil de transportar. Ele vai se adequar ao corpo, portanto, com os movimentos, pode causar ruídos e interromper o sono.

O colchão ortopédico mais adequado é elaborado com gel ou espuma viscoelástica — material que permite uma perfeita distribuição da pressão corporal e evita lesões em doentes acamados.

Viscoelástico

Trata-se de um colchão confeccionado com as propriedades conhecidas como “Nasa”. Em geral, o material tem camadas de diferentes densidades sobrepostas, garantindo uma melhor adaptação ao peso e maior conforto.

Colchões especiais

São produtos elaborados com tecnologias diferenciadas, como os que proporcionam um efeito de massagem ou apresentam propriedades eletromagnéticas que agem nas dores osteomusculares, bem como em outros problemas de saúde que envolvem má circulação sanguínea.

Marca

A marca também é um fator importante que deve ser considerado na hora da compra. As melhores são de empresas renomadas, com muitos anos no mercado, conhecidas pela utilização de matéria-prima de boa qualidade e pela experiência na fabricação de colchões.

Outra forma de avaliar a marca é verificar os comentários na internet. Entretanto, é preciso observar que mesmo as boas empresas podem ter reclamações por diversos motivos, o mais importante é analisar o índice dos problemas não resolvidos.

A importância de investir em um colchão de qualidade

Investir em um colchão de qualidade garante noites de sono melhores e mais qualidade de vida, já que um produto ruim pode causar vários problemas de saúde e agravar os já existentes.

Nesse sentido, a Kenko Patto é uma das marcas de colchões mais tradicionais do mercado, que oferece produtos com alta qualidade e tecnologia de ponta considerando as necessidades individuais de sono.

Além disso, a empresa proporciona atendimento personalizado por meio de uma equipe técnica capacitada para orientar sobre a escolha mais adequada, levando em conta o biotipo e as particularidades quanto à saúde da pessoa que utilizará o item.

Conforme mostramos, para saber qual o melhor colchão, é importante considerar diferentes fatores. Além disso, é fundamental optar por uma marca que tenha tradição no mercado, como a Kenko Patto, a fim de garantir um bom investimento e mais qualidade de vida.

Agora que você já sabe quais aspectos devem ser observados para comprar um colchão de qualidade, visite o nosso site e saiba mais sobre os produtos da Kenko Patto!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário