colchão magnético colchão magnético

Entenda qual é a relação entre medicina oriental e colchão magnético

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert
sono é fundamental para o descanso e para a melhora da qualidade de vida, certo? Pensando nesse princípio, foi criado o colchão magnético — que tem a proposta de oferecer não apenas conforto, mas também efeitos terapêuticos durante o sono.

A magnetoterapia é a influência dos campos magnéticos sobre o corpo humano e há anos tem sido pesquisada pela medicina oriental. O resultado dos estudos é o reconhecimento das suas propriedades benéficas para a saúde.

Neste post, vamos falar sobre como a medicina oriental ajudou no desenvolvimento dos colchões e quem não pode usar colchão magnético. Acompanhe!

O que é a medicina oriental?

A medicina oriental é tida como alternativa e estuda, além de outros recursos, pontos do corpo humano que, quando estimulados, são capazes de aliviar sintomas e tratar doenças.

Ela utiliza do magnetismo sobre esses pontos — sobretudo, em terapias como a acupuntura e a auriculoterapia — como forma de equilibrar as energias do corpo e melhorar a saúde em todos os aspectos.

Qual é a influência do magnetismo sobre o corpo?

O magnetismo é uma força que vem do centro da terra (como se fosse um grande ímã) e também é chamado de geomagnetismo. A energia do campo magnético natural é fundamental para a saúde de todos os seres vivos.

O nosso sangue contém ferro e, sendo assim, o magnetismo age diretamente sobre ele, melhorando a circulação sanguínea. Dessa maneira, o sangue leva mais oxigênio e nutrientes para as células do corpo, influenciando os processos de cicatrização e regeneração.

O que faz a magnetoterapia?

Ela utiliza da influência do magnetismo sobre os seres vivos para trabalhar as energias do corpo. Dessa forma, traz o equilíbrio para o organismo, promovendo mais saúde com a prevenção e o tratamento de inúmeras doenças.

Com as mudanças do mundo moderno, o campo magnético da terra está diminuindo e, com isso, surgem muitas enfermidades relacionadas ao desequilíbrio energético. Sendo assim, a magnetoterapia tem o objetivo de despertar a capacidade terapêutica natural do organismo de restabelecer esse equilíbrio.

Como o colchão magnético pode ser benéfico para a saúde?

O colchão magnético usa todo o poder do magnetismo para oferecer o equilíbrio energético de forma eficaz e prática no dia a dia. Assim, enquanto você dorme, os ímãs presentes no colchão atuam diretamente sobre o organismo, trazendo os seus benefícios como:

  • melhora da circulação do sangue;
  • alívio de dores na coluna e na lombar;
  • prevenção de varizes, dores musculares e câimbras;
  • controle da pressão arterial;
  • dilatação de vasos sanguíneos;
  • desintoxicação do organismo;
  • redução da inflamação nos músculos.

Dessa maneira, ele é capaz de aliviar os sintomas de condições dolorosas, como artrite, fibromialgia e enxaqueca.

Quem não pode usar colchão magnético?

Um colchão tão benéfico para a saúde não pode ter contraindicações, certo? Errado. Embora ele seja a solução dos problemas de algumas pessoas, tem, sim, algumas restrições de uso.

O colchão magnético geralmente é contraindicado para pessoas que usam marcapasso, uma vez que o campo magnético pode descarregar a bateria do aparelho. A boa notícia é que, hoje em dia, graças à evolução da tecnologia, já existem marcapassos blindados que não recebem interferência de campos magnéticos. Se você usa marcapasso, o melhor a se fazer é perguntar ao seu médico se você pode, ou não, usar o colchão magnético.

Powered by Rock Convert

As pessoas que usam pinos ou próteses metálicas também ficam receosas de comprar os colchões magnéticos. Felizmente, não existe contraindicação para esses casos. A maioria dos implantes utilizados na medicina atualmente não apresentam ação ferromagnética, ou seja, eles não são atraídos ou repelidos por pastilhas magnéticas.

Quais são as características de um colchão magnético?

Existem muitas diferenças entre a estrutura de um colchão magnético e um colchão tradicional. Para que você entenda melhor como funciona um colchão magnético, nós explicaremos a seguir quais são as suas características.

Um colchão magnético é formado por pastilhas de magneto e infravermelho longo. Há mais de 200 pastilhas de ímã em um colchão magnético e elas são as responsáveis por proporcionar uma melhor recuperação muscular e um sono mais tranquilo. Já as pastilhas de infravermelho longo melhoram a cicatrização e estimulam a renovação celular.

Os colchões tradicionais são fabricados apenas com uma combinação de molas e espumas, por exemplo. Já os colchões magnéticos são formados por diversas camadas. A primeira camada é uma estrutura exotérmica de espuma em formato de uma caixa. Dentro dessa caixa, há várias camadas de isopor e espuma de alta densidade intercaladas para proporcionar conforto e estabilidade ao colchão.

Por último, há o Rabatam, uma camada vulcanizada de espuma ondulada com vários componentes como antifúngicos e antibactericidas. São nessas ondulações que são colocadas as pastilhas magnéticas e de infravermelho.

Por ser feito com diversas camadas de materiais diferentes, o colchão magnético tem a durabilidade muito superior se comparada com a durabilidade dos colchões tradicionais. A densidade do colchão magnético permanece praticamente intacta mesmo após anos de uso.

Qual é a faixa de preço de um colchão magnético?

Os colchões magnéticos mais simples custam aproximadamente 1.500 reais, mas é claro que os mais incrementados e de marcas mais famosas chegam a apresentar um investimento um pouco maior.

Seja lá qual for a marca do colchão que você pretende comprar, há um cuidado especial que você jamais pode deixar de ter: ao contrário do que muitas pessoas alegam, o colchão magnético precisa, sim, ter certificação do Inmetro.

Muitos revendedores de colchões magnéticos afirmam que, por ser um produto com características e propriedades especiais, eles não precisam passar pelos testes de um laboratório creditado pelo Inmetro — e isso não é verdade. Os colchões magnéticos se enquadram na categoria de colchões mistos, portanto, precisam passar por uma avaliação, sim.

Como vimos, o estudo da medicina oriental sobre o magnetismo fez com que fosse possível desenvolver a terapia magnética, que age diretamente sobre o nosso corpo prevenindo e tratando doenças, trazendo mais saúde e bem-estar.

colchão magnético restabelece o poder do organismo de usar o magnetismo para reequilibrar as energias de maneira eficiente, com mais conforto e qualidade de vida. Agora que você sabe como funciona um colchão magnético, quais seus benefícios e contraindicações, não há mais motivos para adiar a compra deste produto.

Quer entender mais sobre esse tipo de colchão e conhecer nossos produtos? Visite o nosso site, aguardamos você por lá!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário